Patrícia Araújo

PERFIL

Patrícia Araújo: 19 cm a mais

A travesti que causou frisson ao desfilar uma coleção inspirada na boemia carioca

 

por Graziele Marronato

 

Entre celebridades e new faces presentes no Fashion Rio, realizado no mês de janeiro/2009, uma garota muito especial chamou a atenção de fashionistas e imprensa. Seu nome: Patrícia Araújo. Sua profissão: modelo. Seus atributos: 68 kg distribuídos em 1,80 m.

Dentre outras peculiaridades, podemos citar o fato de ser uma estreante em passarelas aos 25 anos, idade em que muitas modelos já são veteranas. Dentre outros diferenciais, podemos citar que Patrícia é uma travesti.

Preconceito e aceitação
Simples assim. O fato de ser travesti não deve ser lembrado como nada além de mais uma peculiaridade da bela carioca que cruzou a passarela da Complexo B, marca do estilista Beto Neves.

Ela mesmo sempre viu com muita naturalidade o fato de não ter nascido mulher: “Minha família, que é evangélica, sempre me apoiou em minha escolha. Nunca houve preconceito”, explicou, em entrevista à revista Marie Claire. Para Beto Neves, Patrícia não podia ter sido melhor escolha: “Ela é linda, delicada, feminina, mas com 19 cm a mais”.

Antes de ser Patrícia, a modelo era Felipe, um garoto feminino que atiçava a curiosidade dos coleguinhas e que, aos 13 anos, viveu a discriminação de ser expulso da escola por gostar de meninos.

Por acreditar que, depois do ocorrido, não devia mais esconder sua identidade de gênero e orientação sexual dos pais, decidiu contar tudo para Seu Severino e Dona Terezinha, que ficaram assustados, mas decidiram aceitar a forma de ser do filho – agora, filha. Atitude diferente teve o irmão mais velho, “mas meu pai calou a boca dele num segundo, dizendo que eu era filho dele e que, independente de minhas preferências sexuais, ele me apoiaria”, contou Patrícia.

Assim, aos 15 anos de idade, Patrícia já tomava seus hormônios e apresentava um comportamento que – não podia ser diferente – provocava comentários. Suportou a difícil fase com a ajuda dos pais, mas decidiu mudar-se quando enxergou a oportunidade de se estabelecer em São Paulo com o namorado, um homem mais velho, com cerca de 30 anos, dono de concessionária. Quatro anos depois, o relacionamento terminou porque, segundo ela, o namorado era muito possessivo.

Do pornô à tevê
Entre o fim da vida de casada e a estreia no Fashion Rio, Patrícia Araújo finalizou o supletivo e tentou a vida como atriz pornô e depois garota de programa na Itália. A experiência no pornô lhe rendeu 4 filmes: Atração Proibida 5, Brazilian Transsexuals Vol. 3, Shemale Slumber Party e Trans X2 com Patrícia Araújo. Já os programas internacionais duraram apenas um ano, e, sobre eles, Patrícia fez algumas considerações à revista Marie Claire: “Não é prazeroso fazer parte de um grupo marginal. Ninguém que se prostitui é totalmente feliz. A prostituição é como uma droga, um vício, algo que absorve toda a sua energia e te faz escrava. Pode acabar com você – mas criei um escudo que separa meu corpo da alma. O que vendo é meu corpo, nunca minha alma. E isso liberta”.

Sua primeira profissão, no Brasil, ainda é a mesma que iniciou na Itália. No País, atende clientes especiais. São famosos, políticos, pelo valor de R$ 500. Apesar do bom dinheiro, Patrícia admite querer parar caso alguma oportunidade apareça – e isso pode não estar muito longe...

A curiosidade pela travesti Patrícia rendeu convites. A modelo estreou como atriz no quinto episódio do seriado A Lei e o Crime, em 2009, como a garota de programa Michela. Isso pode ser só o começo. Com trabalho e empenho, talvez o público se interesse também pela modelo, atriz e pessoa Patrícia Araújo.

Imagens: Reprodução (www.myspace.com)

Como tratar uma boneca: 10 dicas para T-Lovers iniciantes

Hoje em dia, muito se comenta sobre os T-Lovers, termo que designa os homens que gostam de travestis e transexuais.

LEIA MAIS

Operadas

No lugar do pênis, surge uma neovagina - e aí? O que muda nas vidas delas?

LEIA MAIS

Passivos com travestis: uma soma de prazer

Fabrício M., 22 anos, e Sergio L., 24 anos (nomes fictícios), têm duas coisas em comum: ambos são fascinados por travestis – e, quando transam com uma, gostam mesmo é de ser passivos.

LEIA MAIS

Dicas para sair em segurança e curtir com uma t-girl

Dicas importantes para sair em segurança com uma T-girl e curtir sem dor de cabeça

LEIA MAIS

Muito sexo alarga o ânus?

Três vezes por dia e muito tesão: transar demais causa problema "lá"?

LEIA MAIS

Copyright © 2013 - TranSites - Termos legais. É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da TranSites.