[FETICHE] -

Sexo à caipira

CONTO ERÓTICO

Sexo à caipira

por Giovanni Massimo

Ah, as travestis. Como pode haver pessoas como elas no mundo? Misteriosas, ávidas por prazer e conhecedoras de todos os mistérios do corpo masculino?

Já estive aqui algumas vezes, contando minhas aventuras com elas. Sou primeiro-tenente do Exército, fui criado na Itália, mas voltei ao Brasil, onde pude desfrutar as maiores delícias do terceiro sexo.

Uma delas atendia pelo nome de Samara, e a conheci durante minhas férias em Barretos, interior de São Paulo. Nunca imaginei que, em meio a rodeios, peões e lindas mulheres de chapéu, houvesse espaço para bonecas – mas tirei a sorte grande.

Samara era uma loira alta e escultural, de seios fartos que saltavam pelas blusinhas sempre muito decotadas. Extremamente feminina e de pele macia, passava por mulher para qualquer um, e comigo não foi diferente. Era dona de uma bela fazenda que, diziam, havia sido dada por um de seus inúmeros amantes, rico e já falecido.

Assim que nos vimos, no intervalo de um show de música country, a atração foi inevitável. Faíscas se cruzaram no ar, e não escondemos os olhares famintos de desejo. Pouco antes do fim do espetáculo, Samara me convidou a conhecer sua propriedade, o que prontamente aceitei.

No dia seguinte, lá estava eu. Fui conduzido por um funcionário da fazenda até um lugar ao ar livre, onde Samara, numa poltrona, se exibia com uma blusinha rosa que deixava à mostra a barriguinha sarada e o piercing que emoldurava seu umbigo. À frente, um tapete. Achei estranha aquela “decoração”, mas logo descobri o porquê dela.

Samara não perdeu tempo. Depois de nos cumprimentarmos, puxou-me e me deu um beijo de tirar o fôlego. Foi delicioso, ela quase arrancou minha língua. Instintivamente, levantei a blusinha que ela usava, deixando seus seios à mostra. Sem cerimônia, meti a boca naquelas tetas fascinantes. Estava tão louco que cheguei a mordê-las, arrancando gritos de Samara, que me excitaram ainda mais.

Ela logo se levantou, e nos esfregávamos em uma deliciosa sessão de erotismo. Foi aí que percebi que Samara era diferente das outras mulheres do rodeio. No lugar de uma chaninha inchada, havia um membro duro arrebentando a calcinha fio dental.

Quase enlouqueci. Era um sonho! Minhas preces haviam sido atendidas! Ao ver minha reação positiva, aquele monumento loiro retribuiu as lambidas que eu havia dado em seus seios fartos. Abriu o zíper de minha calça, e meu pau saltou pra fora, duro como pedra.

A boca de Samara era macia como veludo. Poucos minutos depois de um verdadeiro banho de língua na minha pica, eu já estava a ponto de gozar – mas não sem antes sentir o calor de seu cuzinho.

Pus a loira de quatro, apoiando-se na poltrona, passei cuspe no pau e na entrada do cu e meti sem piedade. Ela ainda tentou fugir, mas segurei-lhe pelos ombros, até alojar todo o meu mastro nas entranhas daquela delícia. Seguiu-se um gemido de prazer e dor.

Sentindo que o cu dela já se rendia, passei a bombar com força, enquanto assistia à boneca em delírio. Por uns 15 minutos, arrombei o rabo quente de Samara nas mais diversas posições, até gozar fartamente em cima dos peitos que tanto me excitavam.

Transamos todos os dias em que estive em Barretos, sempre ao ar livre – pois, descobri, essa era uma das taras da loira. Ainda hoje, mantemos contato. Vez em quando, Samara vem me visitar, e fodemos como dois animais no cio!

 


Como tratar uma boneca: 10 dicas para T-Lovers iniciantes

Hoje em dia, muito se comenta sobre os T-Lovers, termo que designa os homens que gostam de travestis e transexuais.

LEIA MAIS

Dicas para sair em segurança e curtir com uma t-girl

Dicas importantes para sair em segurança com uma T-girl e curtir sem dor de cabeça

LEIA MAIS

Passivos com travestis: uma soma de prazer

Fabrício M., 22 anos, e Sergio L., 24 anos (nomes fictícios), têm duas coisas em comum: ambos são fascinados por travestis – e, quando transam com uma, gostam mesmo é de ser passivos.

LEIA MAIS

Operadas

No lugar do pênis, surge uma neovagina - e aí? O que muda nas vidas delas?

LEIA MAIS

Muito sexo alarga o ânus?

Três vezes por dia e muito tesão: transar demais causa problema "lá"?

LEIA MAIS

Copyright © 2013 - TranSites - Termos legais. É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da TranSites.